Setor Arte e Cultura

A evolução do mercado das artes e da cultura em geral tem potencializado ao redor do mundo os dissensos envolvendo museus, colecionadores, patrocinadores, artistas, curadores, seguradoras, bancos e fundos de investimento, casas de leilões, galerias, restauradores, e outros atores desse circuito, cada vez mais dinâmico.

A Mediação é um meio não adversarial de resolução de controvérsias pautado no diálogo que favorece a busca de consenso e o fortalecimento das relações sociais e de parceria, quesitos fundamentais para a confiança tão necessária nesse mercado.

No mercado de Arte e Cultura as questões mediadas mais comuns têm sido as que afetem a produção ou conservação de obras, comissões sobre vendas, integridade de coleções, expertises, merchandising, direitos de imagem, reproduções, veiculação na Internet, e uma variedade de outras.

Para lidar com essas questões, o sigilo e a especialização dos mediadores, além da rapidez e flexibilidade do procedimento são vitais, conferindo adequação e credibilidade a esse processo de diálogo. /span>

Por essas razões, a Mediação e, similarmente, a Facilitação de Diálogos, têm sido consideradas primeiras opções de entendimento em detrimento dos meios adversariais – judicialização ou arbitragem -, uma vez que estes últimos ampliam polaridade entre os envolvidos e nem sempre dão conta integralmente dos interesses de todos os implicados e das emoções que as obras de arte e as questões relativas à cultura despertam.

Prática de Mediação, Facilitação de Diálogos e Negociação Assistida

Na Arte e na Cultura, os conflitos entre os participantes do mercado podem assumir variadas formas, convindo selecionar o procedimento de solução amigável que for mais adequado, dentre os que priorizam o diálogo visando ao consenso e à articulação de interesses.

Workshops e Coaching

Palestras, seminários e aconselhamento podem ser interessantes como ampliação de conhecimento, treinamento e orientação, respectivamente, visando à prevenção ou gestão de conflitos e podendo ser realizados no local dos interessados ou em local neutro.

Coordenadores do Setor

gilbertomartins

Gilberto Martins de Almeida

Graduação em Direito pela PUC Rio. Mestrado em Direito pela USP. Especialização em Direito da Tecnologia da Informação. Advogado, Consultor,Palestrante, Professor e autor de publicações acadêmicas. Consultor da ONU e árbitro pela OMPI.

Ver Detalhes
dianarosemberg

Diana Rosemberg

Advogada com Master of Laws em “Litigation” pela Fundação Getúlio Vargas. Formação e Estágio em Mediação pelo New York Peace Institute. Pesquisadora Visitante do CPR – International Institute for Conflict Prevention and Resolution. Formação em Mediação, Negociação e Liderança pela Harvard Law School.

Ver Detalhes

Mediadores

glacyfatorelli

Glacy Fatorelli

Psicóloga Sistêmica. Pós-Graduação em Terapia de Família e Casal. Membro da Associação de Terapia de Família do Rio de Janeiro. Formação MEDIARE e TJRJ em Mediação de conflitos.

Ver Detalhes
taniaalmeida

Tania Almeida

Mestre em Mediação de Conflitos. Pós-graduada em Neuropsiquiatria, Sociologia e Gestão Empresarial. Consultora do Setor de Mediação de Conflitos para América Latina do Banco Mundial. Integrante da Comissão de Mediação da OAB-RJ. Mediadora Sênior do NUPEMEC – TJRJ.

Ver Detalhes